Jornal do Commercio

ELEIÇÕES 2018

Marcinho VP pode dar entrevista, e Lula, não; critica Gleisi Hoffmann

Presidente do PT, Gleisi Hoffmann criticou proibição para o ex-presidente Lula (PT) dar entrevistas como pré-candidato

Paulo Veras

Publicado em

'Marcinho VP é um criminoso e deu entrevista. O presidente Lula não pode dar entrevista?', questionou Gleisi Hoffmann
'Marcinho VP é um criminoso e deu entrevista. O presidente Lula não pode dar entrevista?', questionou Gleisi Hoffmann
Foto: Arthur Marrocos/PT

Presidente nacional do PT, a senadora Gleisi Hoffmann citou o traficante Marcinho VP ao criticar nesta quarta-feira (11) a decisão da Justiça Federal de impedir o ex-presidente Lula (PT) de dar entrevistas como pré-candidato à Presidência da República. Para a petista, a decisão da juíza Carolina Moura Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba, "reitera a perseguição política" contra o ex-presidente.

"Quero lamentar isso. Marcinho VP é um criminoso e deu entrevista. Não sei mais quem também condenado por tráfico de drogas, deu entrevista. O presidente Lula, que é a maior liderança popular desse País, está com os seus direitos políticos preservados, e não pode dar entrevista? Agora a PGR está dizendo que o juiz que mandou soltar Lula prevaricou. Moro não prevaricou impedindo o cumprimento da sentença pela Polícia Federal e não observando o devido processo legal? Que País é esse que estamos vivendo? O que se faz com o Lula é uma injustiça atrás da outra", criticou Gleisi após uma reunião na sede do PT no Recife.


'Perseguição'

Lula foi condenado a 12 anos e 1 mês de prisão em segunda instância num processo da Operação Lava Jato; o que pode enquadrá-lo na Lei da Ficha Limpa. "Essa decisão de hoje reitera a perseguição política. Isso está feio para o Brasil no mundo. As pessoas olham e dizem: mas que republiqueta de bananas é essa que não tem uma democracia forte que respeita as instituições?", disparou ainda a presidente nacional do PT.

LEIA TAMBÉM


MAIS LIDAS

Quer receber notícias pelo whatsapp?