Jornal do Commercio

Brasileirão

Náutico leva virada e Corinthians quebra tabu de 20 anos

Timbu jogou bem, mas não conseguiu segurar o campeão da Libertadores

Hildo Neto

Publicado em

O Náutico encarou o Corinthians de igual para igual, mas não conseguiu para o Campeão da Libertadores neste sábado (14.7), no Estádio do Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro da Série A. Com dois gols de Danilo, o Corinthians fez 2x1 e quebrou um tabu que já durava 20 anos. O gol do Timbu foi marcado por Elicarlos. A vitória tirou os paulistas da vice-lanterna e colocou no 13º lugar, com oito pontos. Os alvirrubros permanecem em 11º, com 10.

Na próxima rodada, o Náutico receberá a Ponte Preta, nos Aflitos, na quarta-feira, e o Corinthians visita o Flamengo. No jogo deste sábado, o Timbu não contou que Kieza, que chegou a ser confirmado pelo clube, mas acabou não atuando porque os alvirrubros não receberam a garantia de que ele podia entrar em campo depois de ter sido expulso na Série B do ano passado.

O Náutico começou o jogo surpreendendo o Corinthians com três jogadores ofensivos. Bem postado, o Timbu assutou os donos da casa com uma sequência de cinco escanteios quase seguidos. No entanto, com um time mais aberto e Martinez fazendo o papel que era de Derley, o Timbu deu espaço para os paulista, que tiveram a melhor chance de abrir o placar aos seis minutos. Danilo recebeu próximo à marca do pênalti, girou e chutou para a boa defesa de Felipe.


A partir daí, o Corinthians cresceu na partida e o Náutico passou a explorar os contra-ataques. Enquanto o Timão optava por tentar finalizar de longe, os alvirrubros apostavam no toque de bola. Foi assim que os pernambucanos abriram o placar. Numa jogada trabalhada pela esquerda, a bola chegou para Elicarlos pelo meio, ele tabelou com um jogador do Corinthias e a bola voltou para ele na meia lua. O volante acertou um belo chute no canto esquerdo de Cássio e fez 1x0.


A torcida alvirrubra ainda comemorava quando Danilo empatou um minuto depois. Ele recebeu na área, pela esquerda, e chutou cruzado por cima de Felipe para fazer 1x1. Depois da igualdade, o Náutico diminuiu o ímpeto na partida, apesar de manter a posse de bola.

Na segunda etapa, o Corinthians voltou com tudo e depois de um bombardeio, com duas bolas na trave, Danilo aproveitou a sobra fez 2x1 aos quatro minutos. O Náutico voltou a sentir o gol e caiu de rendimento.

O Timbu melhorou com a entrada do argentino Romero, que fez boas jogadas. Por pouco, o atacante não empatou o jogo no final. Aos 44, a bola sobrou para ele na entrada da área, pela esquerda. Ele tocou por cobertura e bola bateu no travessão

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 2 X 1 NÁUTICO

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 14 de julho de 2012 (sábado)
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Assistentes: Márcio Eustáquio (Fifa-MG) e Paulo César Faria (MT)
Cartões amarelos: Emerson (Corinthians); Elicarlos, Martinez e Lúcio (Náutico)

Gols: CORINTHIANS: Danilo, aos 22 minutos do primeiro tempo e aos quatro minutos do segundo tempo
NÁUTICO: Elicarlos, aos 21 minutos do primeiro tempo

Público: 25.656
Renda: R$ 735.470,00

CORINTHIANS: Cássio; Welder, Chicão, Paulo André e Fábio Santos; Paulinho, Ralf e Alex (Douglas); Emerson, Romarinho (Edenílson) e Danilo
Técnico: Tite

NÁUTICO: Felipe; Alessandro (Glaydson), Jean Rolt, Ronaldo Alves e Lúcio; Elicarlos, Martinez (Breitner), Souza e Kim (Romero); Rhayner e Araújo
Técnico: Alexandre Gallo


MAIS LIDAS

Quer receber notícias pelo whatsapp? Privacidade