Jornal do Commercio

CHUVAS

Chuvas interrompem abastecimento de água em diversas cidades de Pernambuco

Segundo a Compesa, pelo menos 12 cidades tiveram interrupção total ou parcial no abastecimento de água em função das fortes chuvas

JC Online

Publicado em

Em algumas cidades, ainda não há previsão de restabelecimento do abastecimento de água
Em algumas cidades, ainda não há previsão de restabelecimento do abastecimento de água
Foto: divulgação/Compesa

Pelo menos 12 cidades tiveram interrupção total ou parcial do abastecimento de água neste domingo (28) por causa das fortes chuvas e enchentes que atingiram o Estado, divulgou a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). Estão sem abastecimento as cidades de Ribeirão, Primavera e Sirinhaém; além de Saué, distrito de Tamandaré e Cucaú, distrito de Rio Formoso.

Em Vitória de Santo Antão, a correnteza arrebentou um bloco de ancoragem e desacoplou um trecho da adutora de Tapacura, que atende a cidade com 150 litros de água por segundo. A vazão de água ficou reduzida. O acidente ocorreu numa área de canavial que está sem acesso, por isso ainda não há previsão de quando a situação será normalizada.

Com exceção de Sirinhaém, que o sistema foi paralisado por falta de energia, as demais localidades sofreram inundações decorrerdes da intensidade das águas de rios e açudes. Equipes da Celpe trabalham em Sirinharém para resolver o problema elétrico.

Pela manhã, o JC já havia noticiado a interrupção no abastecimento de Caruaru, Altinho, Ibirajuba, Cachoeirinha, Agrestina e Santa Cruz do Capibaribe pela paralisação nos sistemas do Prata e Pirangi. Pelo menos 13 cidades decretaram estado de calamidade e 5 mil pessoas estão desabrigadas; segundo balanço do governo de Pernambuco.


RETORNO

Em Tamandaré, as chuvas provocaram dano às instalações físicas das estações elevatórias, mas eles já foram solucionados e o abastecimento foi normalizado.

Em Primavera, que é atendida pelas barragens de Arrodeio e Jussara, houve inundação na unidade de tratamento e o abastecimento de água foi suspenso.Somente amanhã, a Compesa terá condições de informar a precisão de normalização do fornecimento de água da cidade.

Nos distritos de Sauê (Tamandaré) e Cucaú (Rio Formoso), as chuvas provocaram danos na estação de tratamento que atende os dois povoados. A expectativa é que os técnicos consigam chegar na unidade nesta segunda-feira (29) para realizar o diagnóstico e adotar as providências para a normalização da operação do sistema.

LEIA TAMBÉM


MAIS LIDAS

Quer receber notícias pelo whatsapp? Privacidade Melhores Práticas