Jornal do Commercio

balanço

Notícia

Pernambuco retirou 30 toneladas de óleo das praias neste sábado

Somado ao material dessa sexta-feira (18), 50 toneladas de óleo foram recolhidas do Estado

JC Online
Atualizada às 20h13

Publicado em

Nas praias de Ipojuca, a “invasão” das pequenas porções de óleo veio com a maré alta por volta das três horas da manhã
Nas praias de Ipojuca, a “invasão” das pequenas porções de óleo veio com a maré alta por volta das três horas da manhã
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Voluntários, funcionários de hotéis e pousadas, funcionários dos governos estadual e municipais retiraram juntos cerca de 30 toneladas das praias de Pernambuco somente neste sábado (19). Só em Ipojuca, 4 toneladas foram retiradas. Somado ao material dessa sexta-feira (18), 50 toneladas de óleo foram recolhidas do Estado. Além das praias, também foi removido material em alto-mar, na altura da praia de Muro Alto, em Ipojuca, por um dos barcos contratados pelo governo do Estado, e em alguns rios. Em Muro Alto, o material voltou a aparecer de maneira mais robusto à noite.

"Pelo terceiro dia consecutivo conseguimos fazer (o recolhimento no mar) a partir da localização da mancha pela prefeitura de Ipojuca, a dois quilômetros da praia do Cupe. Um navio foi cedido pelo Porto do Recife para fazer isolamento e sucção de mais de 80% desse material. Não retiramos 100% por conta da subida da maré", explicou o secretário de meio ambiente de Pernambuco, José Bertotti, em coletiva na noite do sábado no Palácio do Campo das Princesas.

Ele afirma, que a coleta dos resíduos avançou neste sábado. Segundo o secretário, foi feito um trabalho de parceria com empresas que fazem a coleta dos resíduos. O material recolhido está sendo levado para um aterro sanitário na cidade de Igarassu, no Grande Recife. Pernambuco solicitou apoio da Petrobras para recolhimento posterior do óleo.

Neste sábado foram encontrados vestígios de óleo nas praias de Maracaípe, Camboa, Toquinho, Merepe, Enseadinha, Cupe, Muro Alto e Serrambi. Também foi achado óleo nos rios Formoso (Tamandaré), Persinunga (São José da Coroa Grande) e Mamucabas (Barreiros) e Maracaípe (Ipojuca).

Ver essa foto no Instagram

Navios cedidos pelo Porto do Recife fizeram o isolamento e sucção de óleo em alto mar na altura da praia de Muro Alto, em Ipojuca. Pelo terceiro dia consecutivo conseguimos fazer (o recolhimento no mar) a partir da localização da mancha pela prefeitura de Ipojuca, a dois quilômetros da praia do Cupe. Fizemos o isolamento e sucção de mais de 80% desse material. Não retiramos 100% por conta da subida da maré", explicou o secretário de meio ambiente de Pernambuco, José Bertotti. Leia mais em NE10.COM.BR Vídeo: Divulgação/Governo de Pernambuco #óleo #óleononordeste #muroalto #Ipojuca


Uma publicação compartilhada por NE10 (@portalne10) em

  •  - Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
    - Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
  •  - Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
    - Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
  •  - Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
    - Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
  • Cerca de 4 toneladas de óleo foram recolhidas das praias do Cupe e Maracaípe - Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
    Cerca de 4 toneladas de óleo foram recolhidas das praias do Cupe e Maracaípe - Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
  •  - Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
    - Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
  •  -
    -
  •  -
    -
  • Cerca de 4 toneladas de óleo foram recolhidas das praias do Cupe e Maracaípe -
    Cerca de 4 toneladas de óleo foram recolhidas das praias do Cupe e Maracaípe -
  •  -
    -
  •  -
    -
  • Manchas de óleo chegam na Praia de Maracaípe, Litoral Sul de Pernambuco - Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
    Manchas de óleo chegam na Praia de Maracaípe, Litoral Sul de Pernambuco - Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
  • Voluntários mobilizados para a retirada da substância - Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
    Voluntários mobilizados para a retirada da substância - Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
  • O óleo chegou na madrugada deste sábado (19) - Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
    O óleo chegou na madrugada deste sábado (19) - Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
  • A região está sendo monitorada  - Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
    A região está sendo monitorada - Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
  • Há risco de novas manchas chegarem no início da noite com a maré alta  - Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
    Há risco de novas manchas chegarem no início da noite com a maré alta - Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
  • Voluntários mobilizados para a retirada da substância - Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
    Voluntários mobilizados para a retirada da substância - Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
  •  -
    -
  •  -
    -
  •  -
    -

Sábado de trabalho em Ipojuca

Pequenas porções de óleo invadiram as praias do Pontal do Cupe, Maracaípe e Pontal do Maracaípe, todas em Ipojuca, e cartões postais do Litoral Sul de Pernambuco. A substância foi encontrada em outras praias daquele município como Camboa, Toquinho, Merepe, Enseadinha, Cupe, Muro Alto e Serrambi. Até a tarde deste sábado (19), o óleo não tinha chegado a Porto de Galinhas.

O governador Paulo Câmara (PSB) sobrevoou, na manhã deste sábado, todas as praias atingidas pelo problema e criticou, mais uma vez, a omissão do governo federal no tratamento dessa questão. Anteontem, uma mancha enorme de óleo deixou um rastro preto na areia e no mar da Praia de Carneiros, em Tamandaré. Paulo Câmara também vistoriou a colocação das bóias de contenção em um estuário que fica na divisa dos municípios de Barreiros e Tamandaré, onde verificou a possibilidade, através desta ação, de dificultar a chegada do óleo no mangue, o que tem sido prioridade nos últimos dias.

Nas praias de Ipojuca, a “invasão” das pequenas porções de óleo veio com a maré alta por volta das três horas da manhã deste sábado. Uma hora depois do óleo chegar às praias, uma multidão de voluntários formados por bugueiros, guias turísticos, moradores do local, turistas, funcionários de hotéis e até donos de pousadas começaram a retirar a substância misturada com a areia, numa ação concentrada nas praias Pontal do Cupe, Pontal do Maracaípe e Maracaípe.

“Estou desde às 4 horas da manhã coletando óleo. Coloquei o meu buggy à disposição. Muita gente aqui hoje não trabalhou neste sábado e fez o mesmo que eu. Sou nativo, dependo do turismo para sobreviver. E, mesmo quem não trabalha com os turistas, está engajado nessa luta que é de todos”, resumiu o buggueiro José Carlos Freire, que mora em Maracaípe. Por volta das 14 horas, o buggy dele arrastava um chico city com dois toneis cheios de óleo retirados – juntos com a areia – na Praia de Maracaípe.

Veja lista das praias atingidas

•Boa Viagem - Recife - oleada/vestígios esparsos

•Praia Del Chifre - Olinda - oleada/vestígios esparsos

•Candeias - Jaboatão dos Guararapes - oleada/vestígios esparsos

•Piedade - Jaboatão dos Guararapes - oleada/vestígios esparsos

•Praias de Gamboa - Ipojuca - oleada/vestígios esparsos

•Praia de Nossa Senhora do Ó - Ipojuca - oleada/vestígios esparsos

•Porto de Galinhas - Ipojuca - oleada/vestígios esparsos*

•Cupe - Ipojuca - oleada/vestígios esparsos

•Maracaípe - Ipojuca - oleada/vestígios esparsos

•Serrambi - Ipojuca - oleada/vestígios esparsos

•Cupe - Ipojuca - oleada/vestígios esparsos

•Enseadinha - Ipojuca - oleada/vestígios esparsos

•Muro Alto - Ipojuca - oleada

•Pau Amarelo - Paulista - oleada/vestígios esparsos*

•Conceição - Paulista - oleada/vestígios esparsos

•Carneiros - Tamandaré - oleada

•Tamandaré - Tamandaré - oleada

•Ilha Cocaia - Cabo de Santo Agostinho - oleada/vestígios esparsos*

•Praia do Paiva - Cabo de Santo Agostinho - oleada/vestígios esparsos*

•Praia do Forte Orange - Ilha de Itamaracá - oleada/vestígios esparsos*

•Catuama - Goiana - oleada/vestígios esparsos*

•Ponta de Pedras - Goiana - oleada/vestígios esparsos*

•São José da Coroa Grande - oleada

*Apesar de afetadas, atualmente não há registro do material nestas praias. Fonte: Ibama e Secretaria de Meio Ambiente de Pernambuco

LEIA TAMBÉM


    MAIS LIDAS

    Quer receber notícias pelo whatsapp? Privacidade Melhores Práticas