publicidade

Roupas, calçados e compras de supermercado são os itens que mais geram inadimplência

Diogo Menezes

Bianca Bion

Ver perfil

Publicado em 22/08/2017 às 10:44

Foto: Pixabay/Reprodução

Roupas, calçados e compras de supermercado são os principais itens que geram inadimplência, segundo pesquisa do SPC Brasil e da CNDL. Por não apresentarem riscos de corte de serviços, os inadimplentes deixam essas contas para pagar depois.

No topo da lista, estão roupas, calçados e acessórios, que correspondem a 60% de menções dos entrevistados como a causa do endividamento. Já compras no supermercado são responsáveis por 31% das compras não pagas (cartão de crédito, cartão de lojas). Completam a lista os eletrônicos, mencionados por 18% dos entrevistados.

LEIA TAMBÉM

» Desemprego é a principal causa da inadimplência, segundo SPC Brasil e CNDL

» Conheça os 7 pecados da inadimplência

» Devedor também tem direitos

As mulheres tendem a ficar mais inadimplentes nas compras de peças de vestuário e calçados (64%), enquanto a classe C extrapola os limites do orçamento quando adquirem celulares (16%) e móveis para casa (12%).

publicidade

Em sentido contrário, os compromissos que os inadimplentes mais pagam em dia, são aqueles considerados básicos, como plano de saúde (93% dos que têm esse compromisso), condomínio (89%), aluguel (84%), internet e TV por assinatura (83%) e conta de água e luz (80%).

“A iminência de corte de serviços de primeira necessidade quando há atraso no pagamento pode ser um motivo para que essas contas tenham menor percentual de atraso em relação às dívidas bancárias. Como a pessoa não tem recursos para pagar tudo de uma vez, acaba elegendo prioridades como o aluguel e o plano de saúde, por exemplo”, explica a economista Marcela Kawauti.

 



Veja também