Jornal do Commercio

CONTRA O MACHISMO

Giselle Itié pede união das mulheres após relatar estupro

Atriz foi criticada após relatar violência que sofreu aos 17 anos; ela usou sua conta no Instagram para pedir liberdade e igualdade de gêneros

Da Estadão Conteúdo

Publicado em

"Quando nós, mulheres, somos unidas e levantamos a bandeira a favor da nossa liberdade e igualdade de gêneros, nós, mulheres, nos tornamos mais fortes para combater a sociedade machista", escreveu Giselle
Foto: Divulgação

A atriz Giselle Itié pede união das mulheres após ser criticada por descrever o estupro que sofreu aos 17 anos. No desabafo feito no Instagram, ela pediu mais união entre as mulheres e disse estar frustrada por ter recebido críticas de seguidoras, algumas inclusive a culpando pelo abuso de que foi vítima.

"Quando nós, mulheres, somos unidas e levantamos a bandeira a favor da nossa liberdade e igualdade de gêneros, nós, mulheres, nos tornamos mais fortes para combater a sociedade machista", escreveu no post, que traz uma imagem de duas garotas abraçadas.

publicidade

LEIA NA ÍNTEGRA:

Uma foto publicada por GiseLLe ItiÉ (@gitie) em Jan 11, 2017 às 5:23 PST

As críticas ocorreram após a atriz publicar um texto na revista Glamour, no qual conta detalhes sobre o abuso sexual que sofreu após ser dopada pelo namorado de adolescência. Em 2016, Gisele já havia comentado sobre o assunto na série Nem Uma a Menos, para a qual também dirigiu alguns vídeos.

LEIA TAMBÉM


MAIS LIDAS