Jornal do Commercio

Metrô

Metroviários definem paralisação nesta quarta-feira

Categoria fará assembleia que vai definir paralisação

JC Online
Com informações da Rádio Jornal

Publicado em

Categoria define se vai paralisar
Categoria define se vai paralisar
Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Nesta quarta-feira (13), os metroviários, representados Sindicato dos Trabalhadores de Transportes Metroviários e Conexos de Pernambuco (Sindmetro-PE), farão uma assembleia, que discutirá a possibilidade de paralisação nestas quinta (14) e sexta-feiras (15). A reunião está marcada para acontecer na Estação Central do Recife, no bairro de São José, às 18h. No dia 5 de setembro, a categoria decidiu que iria aderir à paralisação nestes dois dias. As informações são da Rádio Jornal.

A motivação da possível paralisação, segundo a categoria, é chamar a atenção para as condições de operação do sistema, a política do arrocho salarial e a falta de segurança no Metrô do Recife.

publicidade

Na terça-feira (5), os metroviários, que já estavam em estado de greve há cerca de três meses, afirmaram que a paralisação é necessária para mostrar o descontentamento dos metroviários com a política de privatização do sistema. "O sentimento da categoria era de fazer greve por tempo indeterminado, mas os trabalhadores querem dar a oportunidade da empresa se posicionar com propostas concretas", disse Levi Arruda, diretor de Comunicação do Sindicato dos Trabalhadores de Transportes Metroviários e Conexos de Pernambuco (Sindmetro-PE).

Estado de greve

O "estado de greve" é uma decisão tomada por trabalhadores e que visa fixar um prazo mínimo para que uma greve de fato seja decretada. Nesta situação, as atividades não são suspensas. Segundo o Sindmetro-PE, o sucateamento do sistema e a falta de segurança são alguns dos motivos do estado de greve.

LEIA TAMBÉM


MAIS LIDAS