Jornal do Commercio

Violência policial

Hospital diz que jovem baleado por PM apresenta 'pequena melhora'

Edvaldo da Silva Alves foi atingido por um tiro durante protesto em Itambé, na Zona da Mata

JC Online

Publicado em

Ednaldo da Silva foi baleado por um PM durante protesto em Itambé e está na UTI do Hospital Miguel Arraes
Ednaldo da Silva foi baleado por um PM durante protesto em Itambé e está na UTI do Hospital Miguel Arraes
Reprodução

A diretoria do Hospital Miguel Arraes (HMA) divulgou uma nota sobre o estado de saúde do jovem Edvaldo da Silva Alves, baleado por um policial militar em Itambé, na Zona da Mata (TV Jornal mostra momento em que o jovem é atingido pelo tiro; assista ao vídeo abaixo também). De acordo com a unidade de saúde, ele ainda encontra-se na UTI, mas "apresentou uma pequena melhora".

A nota, enviada pela assessoria de comunicação do HMA, informa ainda que Edvaldo "deve ser submetido neste domingo a um procedimento para retirada de compressas colocadas em cirurgia para estancar sangramentos".

Jovem é baleado e arrastado por PM durante protesto em PE

Família de jovem baleado em operação da PM vai entrar na Justiça

Jovem baleado em ação policial está em estado grave na UTI

Um aviso, colocado no balcão da portaria da UTI e reforçado via assessoria do Hospital Miguel Arraes, destaca que "visitas ao paciente estão restritas à família, nos horários determinados pelo hospital".


Em conversa com a reportagem do JC, familiares de Edvaldo informaram que vão entrar na Justiça. "Eles nos procuraram e pediram para deixar pra lá", informou o José Roberto da Silva, irmão do jovem baleado

Um novo boletim deve ser enviado nesta segunda-feira (20) ou quando e se houver alteração no estado de saúde de Edvaldo, informa a assessoria do Hospital Miguel Arraes. 

publicidade

PROTESTO

Edvaldo estava protestando ao lado de outros moradores de Itambém na tarde da última sexta-feira, quando foi vítima de um disparo de arma de fogo. Segundo uma testemunha, o ato era pacífico e os manifestantes estavam à espera da chegada da imprensa. Os policiais chegaram e teriam ordenado o fim da manifestação.

'Tentativa de homicídio', diz deputado sobre jovem baleado por PM

No vídeo que repercutiu na internet, é possível ver o jovem falando com uma mulher que, segundo uma testemunha, que preferiu não se identificar, estava com medo das ameaças da polícia e queria ir embora.

Edvaldo se negou a sair e, neste momento, um policial aparece nas imagens perguntando: "é esse que vai levar o tiro primeiro?". Em seguida, outro policial efetua o disparo. A vítima ainda é arrastada pelo asfalto e agredida por um policial militar.

EXPLICAÇÕES

Em nota, a Secretaria de Defesa Social (SDS) afirmou que determinou abertura de inquérito policial e procedimento administrativo para apurar a ocorrência. O órgão não soube informar se o policial militar foi afastado das atividades enquanto a investigação ocorre.

A reportagem do JC tentou entrar em contato com o comando do Batalhão de Goiana, responsável pelo efetivo policial militar em Itambé, mas não obteve retorno. Procurada, a assessoria de comunicação da Polícia Militar informou que está aguardado uma posição da Corregedoria e que "vale a nota da SDS".


MAIS LIDAS